view: content - template: nenhum

EDITAL DE INTIMAÇÃO

Categoria: Editais
Data de disponibilização: Sexta, 09 de Novembro de 2018
Número da edição: 5804

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
PODER JUDICIÁRIO
ANCHIETA - 2ª VARA
FÓRUM DESEMBARGADOR JOSIAS SOARES
RODOVIA DO SOL, Nº 2539, ED. TRAMANTO ROOM, BAIRRO PONTA DOS CASTELHANOS, CEP:29230000, ANCHIETA/ES (EM FRENTE À PREFEITURA MUNICIPAL)
Telefone(s): (28) 3536-1124
Email: 2vara-anchieta@tjes.jus.br
Assistência judiciária

EDITAL
SENTENÇA DE INTERDIÇÃO

Nº DO PROCESSO: 0002665-22.2016.8.08.0004
AÇÃO : 58 - Interdição
Requerente: MARILENA BELMOND GARCIA
Requerido: RENATA GARCIA E SILVA

MM. Juiz(a) de Direito da ANCHIETA - 2ª VARA do Estado do Espírito Santo, por nomeação na forma da lei etc.

FINALIDADE

 

DAR PUBLICIDADE A TODOS QUE O PRESENTE EDITAL VIREM OU DELE TIVEREM CONHECIMENTO que por este Juízo e Cartório tramitou os Autos de 58 - Interdição tendo sido acolhido o pedido de fls. e, como consequência, decretada a interdição de Requerido: RENATA GARCIA E SILVA, conforme informações a seguir.

Nº do Processo:0002665-22.2016.8.08.0004 Órgão:ANCHIETA - 2ª VARA
Requerido:Requerido: RENATA GARCIA E SILVA
Nacionalidade: BRASILEIRA Estado Civil: Profissão:
RG Nº: 4.032.121 - ES CPF Nº: 063.184.567-40  
Data do Nascimento: 04/12/1992 Naturalidade: ANCHIETA-ES
Filiação: REINALDO DA CONCEIÇÃO E SILVA E MARILENA GARCIA BENEVIDES
Certidão de Nascimento Nº: 4915, FL 236 LV 22 Fls. Nº: Livro Nº:

Nome do Cartório: M. J. GONÇALVES ANCHIETA-ES

Endereço: RUA MARIO GARCIA, 55, PRÓXIMO AO BAR DE ONEIAS, PRAIA DO COQUEIRO, Anchieta - ES
CEP: 29230000
Motivo da Interdição: CID-10=F72.1
Curador(a): MARILENA BELMOND GARCIA

COMPROMISSO DO CURADOR(A)

Zelar pela(o) curatelado, que continuará a viver sob a guarda e responsabilidade do curador acima qualificado, proporcionando-lhe tratamento digno e carinhoso, alimentação, vestuário, educação, segurança e abrigo, assistência médico-hospitalar, moral e religiosa, tudo de forma adequada e suficiente, representando-a em todos os atos da vida civil, defendendo-a em Juízo ou fora dele, perante quaisquer repartições públicas e privadas, parafiscais, institutos beneficiários e Previdência Social, administrando escrupulosamente seus bens, caso os tenha ou venha adquirir, somente alienando-os com o consentimento deste Juízo, sendo terminantemente vedada alienação ou oneração de quaisquer bens móveis ou de quaisquer natureza, pertencentes ao interditando, salvo com autorização judicial, e que quaisquer valores em espécie recebidos serão única e exclusivamente aplicados em prol do interditado. Aplicando-se, no caso, o disposto no art. 553 do CPC e as respectivas sanções.

SENTENÇA

Fl: 37/38

Ficam pois os interessados cientes da Interdição acima referida, em obediência ao disposto no Art. 1.184 do CPC, publicando-se por 03 (três) vezes no Diário da Justiça, com intervalo de 10 (dez) dias entre as publicações.

CRISTIANE FREIRE MOREIRA
CHEFE DE SECRETARIA
Autorizado pelo Art. 60 do Cod. Normas