view: contents - template: fulltext
SEG01
TER02
QUA03
QUI04
SEX05
SAB 06
DOM 07
SEG08
TER09
QUA10
QUI11
SEX12
SAB 13
DOM 14
SEG15
TER16
QUA17
QUI18
SEX19
SAB 20
DOM 21
SEG22
TER23
QUA24
QUI25
SEX26
SAB 27
DOM 28
SEG29
TER30
QUA31
Versão revista

Lista 0460/2018

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
GUARAPARI - 1ª VARA CRIMINAL

JUIZ(A) DE DIREITO: DRº ELIEZER MATTOS SCHERRER JUNIOR
PROMOTOR(A) DE JUSTIÇA: DRº RONALD GOMES LOPES
ANALISTA JUDICIARIO ESPECIAL: SOLIMAR ROGERIO DE OLIVEIRA


Lista: 0460/2018


1 - 0006824-20.2017.8.08.0021 - Ação Penal de Competência do Júri
Autor: MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO
Vítima: WANDERLEY MOREIRA DOS SANTOS
Testemunha Réu: PEDRO HENRIQUE SANTOS SILVA e outros
Réu: MANOEL ROMILSON SILVA DOS SANTOS e outros
Testemunha: JOZIMARA RIBEIRO BATISTA e outros
Intimo os(as) Drs(as) advogados(as)
Advogado(a): 18934/ES - MARCOS VINICIUS DA SILVA COUTINHO
Réu: MANOEL ROMILSON SILVA DOS SANTOS
Advogado(a): 26767/ES - RAFAEL LANCA MOROZESKI
Réu: NEDSON BISPO DOS SANTOS
instrução e julgamento designada nos autos da supra ação mencionada, que será realizada na sala de audiências do Fórum de GUARAPARI - 1ª VARA CRIMINAL, no dia 26/11/2018 às 13:30, situada no(a) ALAMEDA FRANCISCO VIEIRA SIMOES - S/N - BAIRRO MUQUICABA, GUARAPARI- ES - CEP: 29214-110


2 - 0000530-15.2018.8.08.0021 - Procedimento Especial da Lei Antitóxicos
Autor: MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO
Réu: WELLINGTON ROBERTO NOGUEIRA DA SILVA ROCHA
Intimo os(as) Drs(as) advogados(as)
Advogado(a): 26073/ES - RAFAEL COELHO SILVA
Réu: WELLINGTON ROBERTO NOGUEIRA DA SILVA ROCHA
Para tomar ciência do despacho:
1. Cumpra-se integralmente o despacho de fls. 55.
2. Considerando que o acusado declarou não possuir condições de arcar com advogado particular (fls. 62), em substituição à defesa patrocinada pela Defensoria Pública, nomeio como Defensor Dativo o(a) Dr.(a) RAFAEL COELHO SILVA OAB/ES Nº 26.073, razão pela qual, intime-se a defesa nomeada, pelo DJES, para patrocinar a defesa do (s) acusado (s), no prazo legal, levando-se em consideração o Edital n° 001/2018 desta Vara publicado pelo DJES, bem como a Resolução n° 005/2018 do Egrégio Tribunal de Justiça deste Estado, devendo o mesmo comparecer em cartório para que lhe seja dado vista dos autos.
Diligencie-se.

3 - 0007639-51.2016.8.08.0021 - Ação Penal de Competência do Júri
Autor: MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO
Vítima: ADRIANO SILVIO MACHADO e outros
Réu: FRANCIS RAYNER ALMEIDA NASCIMENTO e outros
Testemunha: JOÃO BATISTA DIAS MIRANDA e outros
Intimo os(as) Drs(as) advogados(as)
Advogado(a): 22291/ES - LUCAS FRANCISCO NETO
Réu: FRANCIS RAYNER ALMEIDA NASCIMENTO
Advogado(a): 21968/ES - RUBENS DOS SANTOS FILHO
Réu: FRANCIS RAYNER ALMEIDA NASCIMENTO
instrução e julgamento designada nos autos da supra ação mencionada, que será realizada na sala de audiências do Fórum de GUARAPARI - 1ª VARA CRIMINAL, no dia 22/11/2018 às 15:00, situada no(a) ALAMEDA FRANCISCO VIEIRA SIMOES - S/N - BAIRRO MUQUICABA, GUARAPARI- ES - CEP: 29214-110


4 - 0000054-74.2018.8.08.0021 - Ação Penal de Competência do Júri
Autor: MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO
Vítima: SILVANO DE SOUZA BARBOSA
Réu: UBERLAN SOUZA GOMES
Testemunha: SILVANO DE SOUZA BARBOSA e outros
Intimo os(as) Drs(as) advogados(as)
Advogado(a): 27605/ES - FERNANDA INGRID PIANCA
Réu: UBERLAN SOUZA GOMES
Advogado(a): 005818/ES - VALDECY ALVES RODRIGUES
Réu: UBERLAN SOUZA GOMES
Para tomar ciência da decisão:
Sendo assim, visando a celeridade do feito:
1. Homologo a desistência do MP quanto a oitiva da testemunha PMES JULIANO MORET, conforme requerido ás fls. 55.
2. DESIGNO audiência em continuação para o dia 22/11/18 às16h:00min. REQUISITEM-SE e/ou INTIMEM-SE o acusado e a vítima:
3.1. TESTEMUNHA ARROLADA PELO MP:
3.1.1. SILVANO DE SOUZA BARBOSA, residente e domiciliado à Rua do Sol, nº 23, casa, Guarapari/ES, CEP:29200000, telefone: (27)9 9654-0193.
4. Tendo em vista o teor do petitório de fls. 64, em substituição à defesa patrocinada pela Defensoria Pública, nomeio como Defensor Dativo o(a) Dr.(a) VALDECY ALVES RODRIGUES OAB/ES nº 5.818, razão pela qual, intime-se a defesa nomeada, pelo DJES, para patrocinar a defesa do (s) acusado (s), no prazo legal, levando-se em consideração o Edital n° 001/2018 desta Vara publicado pelo DJES, bem como a Resolução n° 005/2018 do Egrégio Tribunal de Justiça deste Estado, devendo o mesmo comparecer em cartório para que lhe seja dado vista dos autos.
5. Cientifique-se a nova defesa nomeada e o MP.
6. Considerando que este Juízo às fls. 14 nomeou anteriormente a nobre advogada FERNANDA INGRID PIANCA OAB/ES 27.605, agindo dentro dos Princípios da Proporcionalidade e da Razoabilidade e com base no art. 22 da Lei 8.906/94, entendo perfeitamente plausível e justa a fixação de honorários em favor da referida causídica nomeada, pelo que FIXO os honorários em R$600,00, conforme autorização do art. 2º, III, do Decreto 2821-R, de 10 de agosto de 2011, razão pela qual EXPEÇA-SE RPV, devendo a nobre causídica ser intimada.
Diligencie-se.


5 - 0006663-10.2017.8.08.0021 - Ação Penal de Competência do Júri
Autor: MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO
Vítima: A APURAR
Réu: PEDRO BARBOZA DIAS
Intimo os(as) Drs(as) advogados(as)
Advogado(a): 22061/ES - ROSANIA MARIA DA SILVA SOARES
Réu: PEDRO BARBOZA DIAS
instrução e julgamento designada nos autos da supra ação mencionada, que será realizada na sala de audiências do Fórum de GUARAPARI - 1ª VARA CRIMINAL, no dia 26/11/2018 às 15:30, situada no(a) ALAMEDA FRANCISCO VIEIRA SIMOES - S/N - BAIRRO MUQUICABA, GUARAPARI- ES - CEP: 29214-110


6 - 0002857-98.2016.8.08.0021 - Ação Penal de Competência do Júri
Autor: MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO
Vítima: ANA PAULA VIEIRA DOS SANTOS
Testemunha Autor: ANA PAULA VIEIRA DOS SANTOS e outros
Réu: TAYLON CIRILO MOREIRA
Intimo os(as) Drs(as) advogados(as)
Advogado(a): 18934/ES - MARCOS VINICIUS DA SILVA COUTINHO
Réu: TAYLON CIRILO MOREIRA
Para tomar ciência do despacho:
1. Intime-se o advogado constituído nos autos para apresentar Alegações Finais na forma de Memoriais, bem como a procuração que lhe foi outorgada, sob pena de aplicação das medidas administrativas cabíveis.
2. Transcorrido o prazo sem manifestação, certifique-se. Caso contrário, junte-se a petição.
3. Após, renove-se a conclusão para análise.

Diligencie-se.


GUARAPARI, 10 DE OUTUBRO DE 2018

SOLIMAR ROGERIO DE OLIVEIRA
ANALISTA JUDICIARIO ESPECIAL

Lista 0462/2018

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
GUARAPARI - 1ª VARA CRIMINAL

JUIZ(A) DE DIREITO: DRº ELIEZER MATTOS SCHERRER JUNIOR
PROMOTOR(A) DE JUSTIÇA: DRº RONALD GOMES LOPES
ANALISTA JUDICIARIO ESPECIAL: SOLIMAR ROGERIO DE OLIVEIRA


Lista: 0462/2018


1 - 0011021-23.2014.8.08.0021 - Ação Penal de Competência do Júri
Autor: MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO
Vítima: SILVIO SOUZA BORGES
Réu: JHONATAN GARCIA
Testemunha: KERLEN CANDIDO GONÇALVES e outros

Intimo os(as) Drs(as) advogados(as)
Advogado(a): 15997/ES - JOSE LAURO LIRA BARBOSA JUNIOR
Réu: JHONATAN GARCIA

Para tomar ciência da sentença:
Ante o exposto, comprovada a materialidade do crime de homicídio e por existirem indícios suficientes de autoria e inocorrentes as causas absolutórias previstas no art. 415 do CPP ou desclassificatórias, PRONUNCIO o acusado JHONATAN GARCIA, sujeitando-o ao julgamento pelo Tribunal Popular do Júri desta Comarca, como incurso no art. 121 do CP.

Considerando que de acordo com o artigo 387, §1º do CPP caberá ao Juiz ao prolatar a sentença, analisar a necessidade da decretação ou não da prisão preventiva, levando-se em consideração ainda que de acordo com o STJ na Pronúncia deve se dar a mesma aplicabilidade do referido artigo, passo a analisar os requisitos legais para a decretação da prisão preventiva do acusado.

Depreende-se da análise do depoimento das testemunhas inquiridas por este Juízo que o acusado é conhecido como traficante de drogas.

Em consulta ao sistema informatizado, constatei que além deste processo, o acusado respondeu por outros crimes perante esta Comarca.

Sendo assim, creio que a decretação da prisão preventiva do acusado visa resguardar a integridade física das testemunhas, principalmente dos familiares da vítima, cuja prova provavelmente será reproduzida durante o julgamento pelo Plenário do Júri, que disseram ter sido alvo de ridicularização e intimidação por parte do acusado, levando-se em consideração ainda ambos são vizinhos.

Ademais, pelo que se infere dos autos, a motivação do crime estaria diretamente relacionado pela cobrança de dívidas por drogas, e não há dúvidas, de que a comercialização de drogas oferece riscos à garantia da ordem pública, já que a jusrisprudência pátria é pacífica nesse entendimento, motivo pelo qual a manutenção da prisão preventiva é superior à liberdade do acusado.

Intimem-se na forma do art. 420 do CPP.

Transcorrido o prazo recursal, certifique-se o trânsito em julgado e intimem-se as partes para fins do art. 422 do CPP.

Cumpridas todas as diligências, renove-se a conclusão para prolatação de decisão.

Diligencie-se.




GUARAPARI, 10 DE OUTUBRO DE 2018

SOLIMAR ROGERIO DE OLIVEIRA
ANALISTA JUDICIARIO ESPECIAL