view: contents - template: fulltext
DOM 01
SEG02
TER03
QUA04
QUI05
SEX06
SAB 07
DOM 08
SEG09
TER10
QUA11
QUI12
SEX13
SAB 14
DOM 15
SEG16
TER17
QUA18
QUI19
SEX20
SAB 21
DOM 22
SEG23
TER24
QUA25
QUI26
SEX27
SAB 28
DOM 29
SEG30
Versão revista

Edital de Intimação

EDITAL 
SENTENÇA DE INTERDIÇÃO

 

Nº DO PROCESSO: 0005262-60.2018.8.08.0014 
AÇÃO : 61 - Tutela e Curatela - Nomeação 
Requerente: TANIA MARIA MARTINELLI VINTER
Requerido: ORMELINDA PENITENTE MARTINELLI

MM. Juiz(a) de Direito da COLATINA - 3ª VARA FAMÍLIA, ÓRFÃOS E SUCESSÕES do Estado do Espírito Santo, por nomeação na forma da lei etc.

FINALIDADE

DAR PUBLICIDADE A TODOS QUE O PRESENTE EDITAL VIREM OU DELE TIVEREM CONHECIMENTO que por este Juízo e Cartório tramitou os autos da ação de Curatela, tendo sido acolhido o pedido de ff. 02/04 e versos, e, como consequência, decretada a interdição de ORMELINDA PENITENTE MARTINELLI, RG 1876273 e CPF: 017.325.787-96, conforme informações a seguir.

 

Nº do Processo:0005262-60.2018.8.08.0014 Órgão:COLATINA - 3ª VARA FAMÍLIA, ÓRFÃOS E SUCESSÕES
Requerido: ORMELINDA PENITENTE MARTINELLI
Documento(s): CI: 1876273 e CPF: 017.325.787-96
Nacionalidade: brasileira Estado Civil: viúva Profissão: aposentada
RG Nº: 1.876.273/SSP/ES CPF Nº: 017.325.787-96  
Data do Nascimento: 28/01/1925 Naturalidade: Santa Teresa/ES
Filiação:Requerido: ORMELINDA PENITENTE MARTINELLI
Mãe: FIORINDA CAVEDO PENITENTE
Pai: CEZER PENITENTE
Data Nasc: 28/01/1925
Sexo: FEMININO
Endereço(s): Avenida Rio Doce, 139, Adélia Giubertti, Colatina/ES - CEP: 29702800 
Certidão de Casamento Nº: 2388 Fls. Nº: 28   Livro Nº: 14 

Nome do Cartório: Cartório de Registro Civil da Sede de Colatina/ES

Endereço:Requerido: ORMELINDA PENITENTE MARTINELLI
Endereço(s): Avenida Rio Doce, 139, Adélia Giubertti, Colatina - ES - CEP: 29702800
Motivo da Interdição: em conformidade com os termos da r. sentença de f. 17 e verso. 
Curador(a): TANIA MARIA MARTINELLI VINTER

COMPROMISSO DO CURADOR(A)

Prestado à f. 24. 

SENTENÇA

f. 17 e verso. "...DIANTE DO EXPOSTO e ao mais que dos autos constam, com fulcro no artigo 1.767, I, do Código Civil, e artigo 747, inciso II, do Novo Código de Processo Civil, JULGO PROCEDENTE o pedido de INTERDIÇÃO em face de ORMELINDA PENITENTE MARTINELLI, brasileira, casada no Cartório do Registro Civil da sede da Comarca de Colatina, sob o nº 2.388, às fls.28, do Livro 14, nascida em 28/01/1925, filha de Cezer Penitente e Fiorinda Cavedo Penitente, para nomear-lhe CURADORA na pessoa de sua filha TANIA MARIA MARTINELLI VINTER, já devidamente qualificada. - Expeça de imediato o respectivo mandado ao Cartório do Registro Civil da Sede de Colatina (enviando cópia de fls. 11), sem custas e emolumentos, para o devido registro e após recebida a respectiva certidão lavre-se o termo de compromisso, ficando a Curadora dispensada de especialização de hipoteca legal, uma vez que é filha da Interditanda e que qualquer bem que desejar transferir ou gravar dependerá de autorização judicial. - Proceda-se as inscrições determinadas no parágrafo 3º do artigo 755 do NCPC, e expeça Edital de Publicação da decretação da curatela, resumido, por uma vez no Diário da Justiça, por se tratar de situação já definida e restrita da Previdência Social. - É vedado o uso de cópia desta sentença mesmo que autenticada, para fins de obtenção e ou liberação de direitos. Esta sentença só produzirá efeitos após o registro em Cartório do Registro Civil desta Comarca, na forma do artigo 89 a 94 da Lei dos Registros Públicos nº 6.015/73. - Sem custas e emolumentos, por estar amparada pelos benefícios da Assistência Judiciária. - Dou esta por publicada e dela por intimada as partes em audiência...".

 

Ficam pois os interessados cientes da Interdição acima referida, em obediência ao disposto no Art. 1.184 do CPC, publicando-se por 01 (uma) vez no Diário da Justiça.

Colatina/ES, 30 de Agosto de 2019


RENATO TREVIZANI
ANALISTA JUDICIARIO ESPECIAL
Autorizado pelo Art. 60 do Cod. Normas

Edital de Intimação

EDITAL 
SENTENÇA DE INTERDIÇÃO

 

Nº DO PROCESSO: 0012995-14.2017.8.08.0014 
AÇÃO : 61 - Tutela e Curatela - Nomeação 
Requerente: LUCIA CORTELETTI
Requerido: GERALDINO CORTELETTI

MM. Juiz(a) de Direito da COLATINA - 3ª VARA FAMÍLIA, ÓRFÃOS E SUCESSÕES do Estado do Espírito Santo, por nomeação na forma da lei etc.

FINALIDADE

DAR PUBLICIDADE A TODOS QUE O PRESENTE EDITAL VIREM OU DELE TIVEREM CONHECIMENTO que por este Juízo e Cartório tramitou os autos da ação de Curatela, tendo sido acolhido o pedido de ff. 02/09, e, como consequência, decretada a interdição de GERALDINO CORTELETTI, inscrito no CPF sob o nº  071.765.037-53, conforme informações a seguir.

Nº do Processo:0012995-14.2017.8.08.0014 Órgão:COLATINA - 3ª VARA FAMÍLIA, ÓRFÃOS E SUCESSÕES
Requerido: GERALDINO CORTELETTI
Documento: RG 58.788/SSP/ES e CPF: 071.765.037-53
Nacionalidade: brasileira Estado Civil: casado                           Profissão: aposentado
RG Nº: 58.788-ES CPF Nº: 071.765.037-53  
Data do Nascimento: 09/01/1929 Naturalidade: Santa Teresa-ES
Requerido: GERALDINO CORTELETTI - Documento(s): CPF : 071.765.037-53
filiação: Mãe: MARIA ZURLO CORTELETTI e Pai: RODOLFO CORTELETTI, Data Nasc: 09/01/1929, Sexo: MASCULINO, ESTADO CIVIL: CASADO
Endereço(s): Rua Humberto de Campos, 279, fone: (27)99719-1170 // 3722-0905, Operário, Colatina - ES - CEP: 29701280
Certidão de Casamento/Nascimento Nº: 654 Fls. Nº:  158/159 Livro Nº: 08

Nome do Cartório:  Cartório de Registro Civil do distrito de Alto Santa Maria - Santa Teresa-ES

 
Motivo da Interdição: Art.1767, I do C.Civil e art.747, II, CPC
Curador(a): LÚCIA CORTELETTI

COMPROMISSO DO CURADOR(A)

Expedido em definitivo no dia 23/10/2018 - às fls.40 dos autos

SENTENÇA

f. 23 e verso. "...SENTENÇA - VISTOS ETC. - LÚCIA CORTELETTI, brasileira, casada, aposentada, portadora do CI nº 257.809-ES e inscrita no CPF sob o nº 027.668.977-12, residente na Rua Humberto de Campos, 279, Bairro Operários, Colatina-ES, por intermédio de seu Ilustre Defensor Público, requereu a INTERDIÇÃO de seu esposo GERALDINO CORTELETTI, brasileiro, casado, aposentado, portador do CI nº 58.788-ES e CPF nº 071.765.037-53, residente no mesmo endereço da Requerente, alegando a necessidade de nomeação de curador, por ter sido considerado incapaz para os atos da vida civil, tendo juntado com a inicial a documentação de fls.10/17, bem como os documentos médicos apresentados na presente audiência. -  A entrevista cognitiva foi realizada na presente audiência, com o deslocamento de diligência realizada na residência do Requerido, e o documento médico encontra-se às fls.17, além dos apresentados nesta audiência. -  O Nobre Defensor Público, em audiência, requereu o julgamento do processo, sem a necessidade de realização de perícia médica, com base nos documentos médicos apresentados em audiência, onde o Ilustre Representante do Ministério Público fazendo uma consubstanciada análise do processo e da situação do interditando, opinou pela procedência do pedido da inicial e a consequente nomeação de curadora na presente audiência. - ESTE É O BREVE RELATÓRIO. DECIDO: -  ... DIANTE DO EXPOSTO e ao mais que dos autos constam, com fulcro no artigo 1.767, I, do Código Civil, e artigo 747, inciso II, do Novo Código de Processo Civil, JULGO PROCEDENTE o pedido de INTERDIÇÃO em face de GERALDINO CORTELETTI, brasileiro, casado no Cartório do Registro Civil do Distrito de Alto Santa Maria, Comarca de Santa Teresa, sob o nº 654, às fls.158v-159, do Livro 08, nascido em 209/01/1929, filho de Rodolfo Corteletti e Maria Zurlo Corteletti, para nomear-lhe CURADORA na pessoa de sua esposa LÚCIA CORTELETTI, já devidamente qualificada. -  Expeça de imediato o respectivo mandado ao Cartório do Registro Civil da Sede de Colatina (enviando cópia de fls.16), sem custas e emolumentos, para o devido registro e após recebida a respectiva certidão lavre-se o termo de compromisso, ficando a Curadora dispensada de especialização de hipoteca legal, uma vez que é esposa do Interditando e que qualquer bem que desejar transferir ou gravar dependerá de autorização judicial. -  Proceda-se as inscrições determinadas no parágrafo 3º do artigo 755 do NCPC, e expeça Edital de Publicação da decretação da curatela, resumido, por uma vez no Diário da Justiça, por se tratar de situação já definida e restrita da Previdência Social. -  É vedado o uso de cópia desta sentença mesmo que autenticada, para fins de obtenção e ou liberação de direitos. Esta sentença só produzirá efeitos após o registro em Cartório do Registro Civil desta Comarca, na forma do artigo 89 a 94 da Lei dos Registros Públicos nº 6.015/73. -  Sem custas e emolumentos, por estar amparada pelos benefícios da Assistência Judiciária...".

 

Ficam pois os interessados cientes da Interdição acima referida, em obediência ao disposto no Art. 1.184 do CPC, publicando-se por 01 (uma) vez no Diário da Justiça.

Colatina/ES, 30 de Agosto de 2019


RENATO TREVIZANI
ANALISTA JUDICIARIO ESPECIAL
Autorizado pelo Art. 60 do Cod. Normas

Edital de Intimação

EDITAL 
SENTENÇA DE INTERDIÇÃO

(1ª PUBLICAÇÃO)

 

Nº DO PROCESSO: 0005809-03.2018.8.08.0014 
AÇÃO : 58 - Interdição 
Requerente: ELIZABETE MARIA LOSS FAQUETTE
Requerido: ULISSES LOSS FAQUETTE

MM. Juiz(a) de Direito da COLATINA - 3ª VARA FAMÍLIA, ÓRFÃOS E SUCESSÕES do Estado do Espírito Santo, por nomeação na forma da lei etc.

FINALIDADE

DAR PUBLICIDADE A TODOS QUE O PRESENTE EDITAL VIREM OU DELE TIVEREM CONHECIMENTO que por este Juízo e Cartório tramitou os autos da ação  de Interdição, tendo sido acolhido o pedido de ff. 02/11 e, como consequência, decretada a interdição de ULISSES LOSS FAQUETTE, inscrito no CPF sob o nº 060.753.977-10, conforme informações a seguir.

Nº do Processo:0005809-03.2018.8.08.0014 Órgão:COLATINA - 3ª VARA FAMÍLIA, ÓRFÃOS E SUCESSÕES
Requerido: ULISSES LOSS FAQUETTE
Documento(s): CPF: 060.753.977-10
filiação: Mãe: ELISABETE MARIA LOSS FAQUETTE e Pai: JADIR FAQUETTE ANTONIO
Data Nasc: 26/02/1984, Sexo: MASCULINO, ESTADO CIVIL: SOLTEIRO
Endereço(s): Rua Frederico Arthur Loss, 39, Moacir Brotas, Colatina - ES - CEP: 29701690
Nacionalidade: brasileira Estado Civil: solteiro        Profissão:   não possui         
RG Nº:xxxxxxx CPF Nº:xxxxxxxx  
Data do Nascimento: 26/02/1984 Naturalidade: Colatina/ES
Certidão de Casamento/Nascimento Nº: 023986 0155 1984 1 00099 263 0020783 46 Fls. Nº:   Livro Nº: 

Nome do Cartório: Cartório de Registro Civil do distrito da Sede de Colatina/ES

Motivo da Interdição: em conformidade com os termos da r. sentença de ff. 45/46.
Curador(a): ELIZABETE MARIA LOSS FAQUETTE

COMPROMISSO DO CURADOR(A)

Compromisso prestado à f. 52, em 06/12/2018

SENTENÇA

ff. 45/46. "...DIANTE DO EXPOSTO e ao mais que dos autos constam, com fulcro no artigo 1.767, do Código Civil, e artigo 747, inciso II, do Novo Código de Processo Civil, JULGO PROCEDENTE o pedido constante da inicial para decretar a CURATELA em face de ULISSES LOSS FAQUETTE, nascido a no dia 26/02/1984, filho de Jadir Faquette Antonio e Elisabete Maria Loss Faquette, registrado no Cartório do Registro Civil da Sede de Colatina, no Livro 99-A, fls. 263, sob nº 20.783, para nomear-lhe CURADORA na pessoa de sua mãe ELISABETE MARIA LOSS FAQUETTE, já devidamente qualificada, fixando desde já os limites da curatela para exercer em nome do curatelado os atos de natureza patrimonial e negocial, e receber ou pleitear benefícios Previdenciário e Securitários, e pleitear direitos e indenizações a que faz jus, ficando o curatelado apto a exercer os demais atos constantes do artigo 85, § 1º, do Estatuto da Pessoa com Deficiência. - Expeça-se de imediato o respectivo mandado ao Cartório do Registro Civil da Sede de Colatina (enviando xerox de fls. 21), sem custas e emolumentos, para o devido registro e após recebida a respectiva certidão lavre-se o termo de compromisso, ficando a Curadora dispensada de especialização de hipoteca legal, uma vez que é mãe do Interditando, e que qualquer bem que desejar transferir ou gravar dependerá de autorização judicial. - Proceda-se as inscrições determinadas no parágrafo 3º, do artigo 755 do NCPC, e expeça-se Edital de Publicação da decretação da interdição, resumido, por três vezes no Diário da Justiça, de 10 em 10 dias. - É vedado o uso de cópia desta sentença, mesmo que autenticada, para fins de obtenção e ou liberação de direitos. Esta sentença só produzirá efeitos após o registro em Cartório do Registro Civil desta Comarca, na forma do artigo 89 a 94 da Lei dos Registros Público nº 6.015/73). - Sem custas, em face do pedido e documento de fls. 43/44, em que concedo os benefícios da Assistência Judiciária...".

 

Ficam pois os interessados cientes da Interdição acima referida, em obediência ao disposto no Art. 1.184 do CPC, publicando-se por 03 (três) vezes no Diário da Justiça, com intervalo de 10 (dez) dias entre as publicações.

Colatina/ES, 30 de Agosto de 2019

RENATO TREVIZANI
ANALISTA JUDICIARIO ESPECIAL
Autorizado pelo Art. 60 do Cod. Normas

Edital de Intimação

EDITAL 
SENTENÇA DE INTERDIÇÃO
(1ª PUBLICAÇÃO)

 

Nº DO PROCESSO: 0022788-11.2016.8.08.0014 
AÇÃO : 61 - Tutela e Curatela - Nomeação 
Requerente: LUCINEIA DO ROZARIO DA CONCEICAO
Requerido: JOSE CARLOS DO ROZARIO

MM. Juiz(a) de Direito da COLATINA - 3ª VARA FAMÍLIA, ÓRFÃOS E SUCESSÕES do Estado do Espírito Santo, por nomeação na forma da lei etc.

FINALIDADE

DAR PUBLICIDADE A TODOS QUE O PRESENTE EDITAL VIREM OU DELE TIVEREM CONHECIMENTO que por este Juízo e Cartório tramitou os autos da ação de Curatela, tendo sido acolhido o pedido de ff. 02/05, e, como consequência, decretada a interdição de JOSE CARLOS DO ROZARIO, portador do RG 521182/SSP/ES e inscrito no CPF sob o nº 698.232.277-72, conforme informações a seguir.

 

Nº do Processo:0022788-11.2016.8.08.0014 Órgão:COLATINA - 3ª VARA FAMÍLIA, ÓRFÃOS E SUCESSÕES
Requerido: JOSE CARLOS DO ROZARIO
Documento(s): RG 521.182/SSP/ES e CPF: 698.232.277-72
Nacionalidade: brasileira Estado Civil: solteiro Profissão: n/c
RG Nº: 521.182/SSP/ES CPF Nº: 698.232.277-72  
Data do Nascimento: 17/04/1961 Naturalidade: Colatina/ES
Filiação:Requerido: JOSE CARLOS DO ROZARIO
Mãe: PRIMO LUIZ DO ROZARIO
Pai: MARIA ALVES DO ROZARIO
Data Nasc: 17/04/1961
Sexo: MASCULINO
ESTADO CIVIL: SOLTEIRO
Endereço(s): Rua Cláudio Saquetto, 273, fone: (27)99636-0905, Nossa Senhora da Aparecida, Colatina/ES - CEP: 29703740
Certidão de Nascimento Nº: 0005900155 1962 1 00012 206 0006912 22 Fls. Nº:   Livro Nº: 

Nome do Cartório: Cartório de Registro Civil do distrito de Boapaba - Colatina/ES

Endereço:Requerido: JOSE CARLOS DO ROZARIO
Endereço(s): Rua Cláudio Saquetto, 273, fone: (27)99636-0905, Nossa Senhora da Aparecida, Colatina/ES-CEP: 29703740
Motivo da Interdição: em conformidade com os termos da r. sentença de ff. 38/39.
Curador(a): LUCINEIA DO ROZARIO DA CONCEIÇÃO

COMPROMISSO DO CURADOR

Prestado à f. 44. 

SENTENÇA

ff. 38/39. "...DIANTE DO EXPOSTO e ao mais que dos autos constam, com fulcro no artigo 1.767, do Código Civil, e artigo 747, inciso II, do Novo Código de Processo Civil, JULGO PROCEDENTE o pedido constante da inicial para decretar a CURATELA em face de JOSÉ CARLOS DO ROZARIO, nascido no dia 17/04/1961, filho de Primo Luiz do Rozario e Maria Alves do Rozario, registrado no Cartório do Registro Civil do Distrito de Boapaba, do Município de Colatina, matricula 0005900155 1962 1 00012 206 0006912 22, para nomear-lhe CURADORA na pessoa de sua irmã LUCINEIA DO ROZARIO DA CONCEIÇÃO, já devidamente qualificada, fixando desde já os limites da curatela para exercer em nome do curatelado os atos de natureza patrimonial, negocial, e receber ou pleitear benefícios previdenciários, ficando o curatelado apto a exercer os demais atos constantes do artigo 85, § 1º, do Estatuto da Pessoa com Deficiência. - Expeça-se de imediato o respectivo mandado ao Cartório do Registro Civil da Sede de Colatina (enviando xerox de fls. 26), sem custas e emolumentos, para o devido registro e após recebida a respectiva certidão lavre-se o termo de compromisso, ficando a Curadora dispensada de especialização de hipoteca legal, uma vez que é irmã do Interditando, e que qualquer bem que desejar transferir ou gravar dependerá de autorização judicial. - Proceda-se as inscrições determinadas no parágrafo 3º, do artigo 755 do NCPC, e expeça-se Edital de Publicação da decretação da interdição, resumido, por três vezes no Diário da Justiça, de 10 em 10 dias, por se tratar de situação pretendida para a Previdência Social. - É vedado o uso de cópia desta sentença, mesmo que autenticada, para fins de obtenção e ou liberação de direitos. Esta sentença só produzirá efeitos após o registro em Cartório do Registro Civil desta Comarca, na forma do artigo 89 a 94 da Lei dos Registros Público nº 6.015/73). - Sem custas, por estar amparada pelos benefícios da Assistência Judiciária...".

 

Ficam pois os interessados cientes da Interdição acima referida, em obediência ao disposto no Art. 1.184 do CPC, publicando-se por 03 (três) vezes no Diário da Justiça, com intervalo de 10 (dez) dias entre as publicações.

Colatina/ES, 30 de Agosto de 2019

RENATO TREVIZANI
ANALISTA JUDICIARIO ESPECIAL
Autorizado pelo Art. 60 do Cod. Normas