view: contents - template: fulltext
DOM 01
SEG02
TER03
QUA04
QUI05
SEX06
SAB 07
DOM 08
SEG09
TER10
QUA11
QUI12
SEX13
SAB 14
DOM 15
SEG16
TER17
QUA18
QUI19
SEX20
SAB 21
DOM 22
SEG23
TER24
QUA25
QUI26
SEX27
SAB 28
DOM 29
SEG30
TER31
Versão revista

SÃO MATEUS - 2ª VARA CÍVEL
Listas

Lista 0043/2020

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
SÃO MATEUS - 2ª VARA CÍVEL

JUIZ(A) DE DIREITO: DRº THAITA CAMPOS TREVIZAN
PROMOTOR(A) DE JUSTIÇA: DRº MARCIO AUGUSTO GONCALVES CARDOSO
CHEFE DE SECRETARIA: ANDREA ALVES DE SOUZA

 
Lista: 0043/2020


1 - 0003753-92.2018.8.08.0047 - Despejo por Falta de Pagamento Cumulado Com Cobrança
Autor: L.M.
Réu: J.R.P.

Intimo os(as) Drs(as) advogados(as)
Advogado(a): 19578/ES - ELTON BONELA DOS SANTOS
Réu: J.R.P.
Tomar ciência da certidão do oficial de justiça de fl. 150 informando que não intimou o requerido para comparecer á audiência designada.


2 - 0001678-12.2020.8.08.0047 - Procedimento Comum Cível
Requerente: BENTO BOTAZINI BARCELOS
Requerido: ESTADO DO ESPIRITO SANTO

Intimo os(as) Drs(as) advogados(as)
Advogado(a): 8145/ES - FERNANDO BRASIL OLIVEIRA
Requerente: BENTO BOTAZINI BARCELOS

Para tomar ciência da decisão:
de fls. 53/54, parcialmente transcrita:" ... Ante o exposto, INDEFIRO o pedido de tutela de urgência, pois o autor embora realize o tratamento em um CACON, sendo este o Hospital santa Rita de Cássia, juntou aos autos laudo médico emitido por clínica médica particular (CECON). DEFIRO o requerimento de assistência judiciária gratuita, nos termos do art. 98 e seguintes do CPC. DEIXO de designar audiência de conciliação ou de mediação, visando atender ao princípio da eficiência processual e duração razoável do processo (arts. 4°, 6° e 8°, todos do CPC). Primeiro, por se tratar de demanda ajuizada em face de ente público estadual, pessoa em face de quem normalmente não se admite a autocomposição (art. 334, § 4°, II, do CPC). Segundo, porque os fatos narrados e a documentação apresentada convergem no sentido de que a conciliação não será obtida, em especial diante da natureza do bem tutelado: a vida. CITE-SE o Estado do Espírito Santo na forma do art. 183, caput, do CPC e art. 3°, parágrafo único, do Ato Normativo n° 33/2015, publicado no e-Diário em 09 de março de 2015. INTIME-SE a parte autora para ciência. Por fim, DETERMINO a prioridade de tramitação, nos termos do art. 1048, I, do CPC, mediante anotação no sistema ejud. DILIGENCIE-SE, com urgência."


3 - 0001695-48.2020.8.08.0047 - Mandado de Segurança Cível
Impetrante: JULIANA TAMANINI DANTAS
Autoridade coatora: SUBSECRETARIO DE ADMINISTRACAO E DESENVOLVIMENTO DO ES e outros

Intimo os(as) Drs(as) advogados(as)
Advogado(a): 10326/ES - LESLIE MESQUITA SALDANHA
Impetrante: JULIANA TAMANINI DANTAS

Para tomar ciência da decisão:
de fls, parcialmente transcrita:" ...Frente ao exposto, DECLARO a incompetência absoluta deste Juízo para processar e julgar esta demanda, nos termos do art. 64, § 1º, in fine, do CPC. Após as regulares baixas no sistema, DETERMINO a remessa imediata dos autos a umas das Varas da Fazenda Pública da Comarca de Vitória, com as nossas sinceras homenagens, após o transcurso do lapso recursal. Por oportuno, esclareço que se promove a presente decisão sem prejuízo ao previsto no art. 10 do CPC, porque, em verdade, ante o remansoso posicionamento jurisprudencial acerca da questão analisada, o imediado declínio se mostra como medida mais eficiente (arts. 6º e 8º, ambos do CPC) para o desenvolvimento do feito, com vistas ao alcance célere da análise integral do mérito (art. 4º do CPC). Antes da remessa, INTIME-SE a parte impetrante para ciência. DILIGENCIE-SE com URGÊNCIA, tendo em vista o pedido liminar. Não havendo impugnação, remetam-se os autos ao juízo da Comarca competente, com as devidas baixas no sistema ejud. Intime-se.Diligencie-se."




SÃO MATEUS, 25 DE MARÇO DE 2020
 
ANDREA ALVES DE SOUZA
CHEFE DE SECRETARIA

SÃO MATEUS - 2ª VARA CÍVEL
Portarias

PORTARIA Nº 03/2020.

2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE SÃO MATEUS/ES.

PORTARIA Nº 03/2020.

A Excelentíssima SenhoraDoutoraTHAITA CAMPOS TREVIZAN, MMª. Juízade Direito Titular da 2ª Vara Cível da Comarca de São Mateus/ES, no uso de suas atribuições legais e por nomeação na forma da Lei, etc.

FAZ SABER a todos da presente Portaria, para tomarem conhecimento que:

CONSIDERANDO os termos da Resolução nº 313/2020, do Conselho Nacional de Justiça, que estabeleceu regime de plantão extraordinário em todos os órgãos do Poder Judiciário em virtude da pandemia da doença COVID-19;

CONSIDERANDO os termos do Ato Normativo nº 64/2020, do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, que estabeleceu, no âmbito da Justiça Estadual, regime de plantão extraordinário em virtude da doença COVID-19;

CONSIDERANDO que o art. 2º, do Ato Normativo nº 64/2020, do TJES, suspendeu o trabalho presencial de magistrados, servidores, estagiários e colaboradores nas unidades judiciárias, assegurando a manutenção dos serviços essenciais; e

CONSIDERANDO que o art. 3º, §1º, do Ato Normativo nº 64/2020, do TJES, determina que cada unidade jurisdicional mantenha canal de atendimento remoto pelos meios tecnológicos disponíveis, amplamente divulgados.

DETERMINA:

Art. 1º. Em cumprimento ao artigo 3º, §1º, do Ato Normativo nº 64/2020 do TJES, a 2ª Vara Cível da Comarca de São Mateus estará acessível, durante o horário do expediente forense, por meio do e-mail 2civel-saomateus@tjes.jus.br

Parágrafo 1º – O referido e-mail receberá, durante o expediente forense, de 12:00 às 18:00 horas, em dias úteis, petição incidental em processos em trâmite nesta unidade nas hipóteses de urgência, previstas no artigo 4º, do Ato Normativo nº. 64/2020.

Parágrafo 2º – As petições deverão ser encaminhadas em formato PDF.

Parágrafo 3º – O servidor responsável, ao receber a petição, acusará o recebimento ao remetente.

Art. 2º – As petições iniciais que versem sobre as matérias de urgência, previstas no artigo 4º do Ato Normativo nº 64/2020, deverão ser apresentadas em protocolo pelo e-mail protocolosaomateus@tjes.jus.br, em formato PDF.

Parágrafo 1º – O recebimento, distribuição e encaminhamento das petições iniciais de urgência para esta unidade judiciária serão realizados pelo Protocolo, nos termos do artigo 2º, inciso III, da Portaria de n.º 02/2020 da Diretoria do Foro da Comarca de São Mateus.

Art. 3º – Caberão aos advogados, procuradores, defensores públicos e membros do Ministério Público informar o e-mail para recebimento da intimação da decisão, sem prejuízo, se for o caso, de publicação no Diário Oficial da Justiça.

Art. 4º – As decisões expedidas durante o plantão extraordinário servirão, quando necessário, como “mandado/ofício/carta precatória”.

Art. 5º. Deve a Serventia encaminharcópias desta Portaria ao Exmo. Sr. Desembargador Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, ao Exmo. Sr. Desembargador Corregedor-Geral da Justiça, ao Exmo. Sr. Juiz de Direito Diretor do Foro da Comarca de São Mateus, ao Representante da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de São Mateus/ES, ao Ministério Público Estadual e à Defensoria Pública Estadual.

Art. 6º. Esta Portaria entra em vigor na presente data e, para que chegue ao conhecimento de todos deverá ser afixada cópia na entrada do Fórum de São Mateus, em lugar viável, e publicada no Diário Oficial da Justiça deste Estado por cinco dias.

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE.

Dada e passada nesta Cidade e Comarca São Mateus, Estado do Espírito Santo, aos 20 de março de 2020.

THAITA CAMPOS TREVIZAN

Juíza de Direito